04/05/2021 às 13h00min - Atualizada em 04/05/2021 às 19h40min

Pedro Aizza garante um Top 10 em estreia na GT Sprint Race

Piloto Promax Bardahl competiu neste domingo (2) em prova realizada no Autódromo Velocittà, em Mogi Guaçu (SP). Em sua categoria, a PROAM, ele finalizou a etapa em quinto lugar

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
Rodrigo Guimarães
O piloto Pedro Aizza (Promax Bardahl / GM Motorsport / Acesso Peças) fez neste domingo (2) sua estreia na GT Sprint Race, uma das principais categorias do automobilismo brasileiro, na classe PROAM, no Autódromo Velocittà, em Mogi Guaçu (SP). Na primeira corrida do dia, o curitibano de 16 anos foi o 14º colocado no geral, após estar na sétima posição, quando teve um problema após um toque com um adversário. Já na segunda prova, concluiu a disputa na nona colocação. Em sua categoria, foi o quinto colocado da primeira etapa, após quinto e quarto lugar, respectivamente.

"Foi sensacional fazer a primeira corrida de carro. Não tenho palavras para descrever. Por mais que o fim de semana seja muito curto, se comparado com o kart, você vai mais vezes para a pista, é um algo totalmente novo. Você tem muito menos tempo para aprender e se adaptar ao carro. Cheguei a fazer os duelos da GT Sprint Race, mas em uma prova oficial é tudo diferente. Vários acertos no carro, mecânicos e engenheiros novos a cada corrida. Um sonho realizado. Quando você entra no carro, está em outro patamar. Passam várias coisas bacanas na cabeça", analisou Aizza.

Pedro Aizza registrou o 11º melhor tempo na classificação. Na primeira corrida, subiu para a sétima colocação pouco tempo após a largada. Porém, ao dividir espaço com um adversário, seu carro teve a carenagem dianteira deslocada, o que fez com que estrutura começasse a tocar no pneu. "Com isso, começou a sair muita fumaça. Eu não sabia o que era. Assim, tive que ir para os boxes, o que acabou me prejudicando demais. Foi importante permanecer na corrida e ir até o fim", comentou o dono do carro 35.

Na segunda corrida, Aizza largou outra vez na 11º posição. "Cheguei a andar entre nono e oitavo, tendo passado alguns pilotos da PRO. No começo acabei indo para a grama e perdi posições. Foi uma briga entre chegar nos adversários da frente, mas tomar cuidado com quem  estava atrás de mim, porque ele era muito rápido. Corrida bem emocionante, com bastante ação do começo ao fim. A maioria dos adversários tem mais experiência que eu no automobilismo, então estou tendo muito aprendizado. Acredito que a cada corrida eu consiga ir melhor e brigar pelos primeiros lugares", finalizou.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

51.9%
14.8%
0%
7.4%
7.4%
0%
0%
3.7%
0%
0%
3.7%
11.1%
0%
0%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp