19/11/2021 às 20h51min - Atualizada em 20/11/2021 às 00h01min

Capital baiana regulamenta Estatuto da Igualdade Racial

O documento assinado hoje tem o objetivo de estimular o poder público municipal a promover ações para equidade racial e combate ao racismo na capital baiana.

AGENCIA BRASIL
https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2021-11/capital-baiana-regulamenta-estatuto-da-igualdade-racial

O Estatuto da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa foi regulamentado hoje (19), na Igreja do Rosário dos Pretos, no Pelourinho, pela prefeitura de Salvador (BA). A cerimônia contou com as presenças do prefeito Bruno Reis, da secretária de Reparação (Semur) Ivete Sacramento e de lideranças da comunidade negra da cidade.



A ação ocorreu na véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. O estatuto tem o objetivo de estimular o poder público municipal a promover ações para equidade racial e combate ao racismo na capital baiana.



“Dentre estas ações estão a criação do Sistema Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Sismupir), ações de enfrentamento das desigualdades étnico-raciais nos diversos setores sociais, o reconhecimento e o incentivo às manifestações culturais, regularização fundiária e moradia e reserva de vagas de trabalho para pessoas negras”, divulgou o município.



Com o estatuto, todos os projetos municipais passam a ter como base dados referentes à maioria negra da população soteropolitana como fonte oficial para atendimento nas ações sociais. Segundo a prefeitura, Salvador é uma das cidades brasileiras com maior presença de afrodescendentes, sendo 82% da população composta por autodeclarados negros.



Para a secretária Ivete Sacramento, esse foi um evento histórico. “Cada item deste documento é uma forma de organizar a promoção racial em Salvador, implementar o Fundo Municipal da Promoção da Igualdade Racial, que é uma novidade na cidade, que proverá a composição de leis complementares para esta entidade, o plano municipal da saúde da população negra e quilombola, bem como garantia dos direitos nas áreas de educação e cultura”, disse.




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2021-11/capital-baiana-regulamenta-estatuto-da-igualdade-racial
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
28.8%
0%
5.0%
3.8%
2.5%
0%
1.2%
0%
1.2%
1.2%
5.0%
0%
0%
1.2%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp