Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
22/11/2021 às 13h23min - Atualizada em 22/11/2021 às 13h23min

LANÇAMENTO DO LIVRO BERRO D'ÁGUA: FESTA, ARTE E BOEMIA NA CIDADE DA BAHIA

Por: Van Carvalho - Jbn Bahia
No dia 25 de novembro, quinta-feira, a partir das 17h, será realizada, no bar Póstudo (Rio Vermelho), a grande festa de lançamento do livro vertiginoso daquele que comandou a noite baiana nos Anos 70/80, Charles Pereira. O livro BERRO D'ÁGUA: FESTA, ARTE E BOEMIA NA CIDADE DA BAHIA, rememora os expoentes das artes, do ativismo cultural, da imprensa e da boemia nos fervidos anos 70 e 80, quando a cultura baiana resplandecia nacionalmente. Para levar às ruas o livro com as histórias do Berro– bar e restaurante de Salvador, que fervilhou nos anos 70/80, sendo considerado o maior restaurante ligado à cultura que a cidade já ouviu falar  - Charles Pereira contou com a produção executiva de Sérgio Siqueira, organização de originais e edição de Lula Afonso, revisão e diagramação de Bete Capinan e design gráfico de Luisa Ambros. Na noite de lançamento, público e convidados curtirão a apresentação do DUO S’PALA, com Paulinho Andrade (Sax) e Luizinho Assis (teclados).

 

Mas, o livro de Charles estende-se além do registro das personas e dos idos e acontecidos na muvuca do balcão e das mesas do Berro. São preciosas para a Memória de Salvador as reminiscências de estabelecimentos icônicos como o Berro D’Agua  Tabaris, o Maculelê, o velho Maciel, o Mirante do Belvedere da Sé, a Rua Chile, o Anjo Azul, o Balaio, o Barroco e outros points onde se reuniam artistas, figuras lendárias da cidade e monstros sagrados da boemia. E na ponta norte da Baía de Todos os Santos, o espírito irreverente e festivo do Porto da Barra é traduzido com relatos tocantes de personagens da "fauna baiana" que, sem a pena universal de Jorge Amado e, agora, com o livro "global-paroquial" de Charles Pereira, se desvaneceriam na Memória da Primeira Capital.



O Berro D’Água
Incontáveis protagonistas consagraram o Berro como ponto de encontro e celebração no mágico primeiro andar na esquina famosa da rua Barão de Sergy, onde se congregavam os artistas da terra e também as figuras proeminentes do país e do exterior, que elegeram o bar de Charles e do parceiro Jacques Frappa como porto seguro para interagir com a ferveção criativa da Cidade da Bahia.

A constelação de astros de primeira grandeza que frequentavam o Berro é estonteante, com nomes (começando pelos "de fora") do calibre de Mercedes Soza, Roberto de Niro, Michael Douglas, Almodóvar, Pelé, Nina Hagen, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Luiz Melodia, Edu Lobo, Toquinho, Jorge Benjor, Dzi Croquettes, Cazuza, Marina Lima, Jô Soares, Paulo Gaudenzi, Luiz Jasmim, Pierre Verger, Carlos Bastos, Mario Cravo Neto, Roland Schaffner, Glauber Rocha, Luiz Eduardo Magalhães, Ney Galvão, Osmar Marrom, Fernando Guerreiro, Lia Robatto, Átila de Albuquerque, Geraldo Machado, Heitor Reis, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Os Novos Baianos, Rogério Duarte, Nonato Freire, Armandinho Macedo, Nilda Spencer, Arlete Soares, Aninha Franco, Durval Lellis (que homenageou o Berro em um dos seus sucessos) e tantos outros.


FICHA TÉCNICA
BERRO D'ÁGUA: FESTA, ARTE E BOEMIA NA CIDADE DA BAHIA 
Autor: Charles Pereira
Colaboradores:
Bete Capinan 
Sergio Siqueira
Lula Afonso
Fábio Bouzas (Tratamento de fotos)
Silvio Ismerim


Serviço
Lançamento do Livro
BERRO D'ÁGUA: FESTA, ARTE E BOEMIA NA CIDADE DA BAHIA
Com apresentação do DUO S’PALA – Paulinho Andrade (Sax) e Luizinho Assis (teclados)
Data: 25/11/2021
Hora: A partir das 17h
Local: Bar Póstudo
Endereço: Freeshop do Rio vermelho - R. João Gomes, 87 - 1° andar - Rio Vermelho
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
28.2%
0%
5.1%
3.8%
2.6%
0%
1.3%
0%
1.3%
1.3%
5.1%
0%
0%
1.3%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp