Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
29/05/2019 às 11h36min - Atualizada em 08/06/2019 às 11h33min

Antropólogo cubano passará temporada em Guarulhos, São Paulo, para compartilhar conhecimentos sobre culto de Yezam, reconhecidos pela UNESCO

Estudioso apresenta pesquisas e práticas cultuadas há mais de 4.500 anos na África, culto é mais antigo de que o culto aos Orixás, não tem sacrifício animal em seus rituais e já tem sua primeira sacerdotisa no Brasil

DINO
SaMyer PhuruLL, Ala Wowwo (Rei da Nação Arará) do Culto de Yezam

Chegou ao Brasil, em 18 de maio, vindo de Cuba, para temporada de palestras e eventos, o antropólogo, jornalista, SaMyer PhuruLL, Ala Wowwo (Rei da Nação Arará) do Culto de Yezam.

A partir do estudo "Projeto de Rescate, Preservação e Revitalização da Regla de Ozain no Cuba", que recebeu o reconhecimento da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) , o pesquisador além de sistematizar o culto desenvolvido na África a mais de 4.500 anos, também incluiu a vivência que teve ao morar por anos na África, no Benin, como parte de sua pesquisa etnográfica. Tanto o estudo quanto o registro etnográfico estão contados em 14 livros escritos sobre o Culto de Yezam.

A estadia no Brasil propõe-se ao intercâmbio cultural e traz novos ares às tradições religiosas de matriz africana em nosso país, uma vez que o Culto de Yezam é africano porem é anterior ao Culto de Orixás (Candomblé), não tem sacrifício de animais e outras premissas.

O Culto por meio dos anos mudou várias vezes de nome, por sua complexidade, suas raízes iniciais foram o Vodoo, depois a Regla de Ozain, até se converter hoje em dia em um verdadeiro Sacerdócio após os estudos antropológicos, feitos por SaMyer PhuruLL.

A sistematização do Culto está respaldada por 14 livros que contam como surgiu o Culto de Yezam e também da vida e obras dos Orixás, segundo esta tradição.

Em 2017, SaMyer PhuruLL, Ala Wowwo (Rei da Nação Arará) do Culto de Yezam veio ao Brasil e iniciou a primeira sacerdotisa do Culto, Dobbana Boressa Messecam Meyé Akofére Lesso, Solange Buonocore , que é Zeladora de Orixás a 50 anos, e teve a sua iniciação sem corte, além de ter feito toda a limpeza de sangue de sua casa fazendo a transição para o Culto de Yesan. Nesta visita o Ala Wowwo também palestrou no Sesc São Paulo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

46.9%
36.4%
0.7%
3.5%
3.5%
1.4%
0%
0.7%
0%
0.7%
0.7%
3.5%
0.7%
0%
1.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp