13/06/2019 às 13h20min - Atualizada em 15/06/2019 às 00h00min

Veja quais alterações os rins podem sofrer durante a gestação

O aumento da frequência urinária, por exemplo, atinge cerca de 80% a 95% das grávidas em algum momento da gestação. Nefrologista e diretora da CDRB tira dúvidas sobre outras mudanças no órgão

DINO

O sistema urinário é formado por um par de rins, um par de ureteres, bexiga urinária e uretra. Durante a gestação, todo o seu conjunto pode sofrer diversas alterações consideradas fisiológicas, ou seja, normais, mas que podem assustar ou gerar muitas dúvidas às mamães. "O aumento da frequência urinária durante o dia - superior a 7 micções - e à noite - mais de 2 vezes -, por exemplo, acometem cerca de 80% a 95% das grávidas em algum momento da gestação. Este sintoma parece ser multifatorial, podendo ser atribuído às alterações na função da bexiga e ao aumento da produção de urina", explica a médica nefrologista e diretora da Clínica de Doenças Renais de Brasília (CDRB), Maria Letícia Cascelli.

Outras alterações que podem ocorrer são: o comprimento e o volume renal crescem; o funcionamento e a eficiência renal aumentam com produção de maior volume urinário; ocorre a dilatação dos ureteres (estruturas anatômicas que comunicam os rins com a bexiga) e a alteração no revestimento da bexiga.

Segundo a especialista, as mulheres grávidas têm mais propensão a ter infecção urinária devido a dilatação fisiológica das vias urinárias, no qual um maior volume de urina permanece na bexiga, propiciando que as bactérias possam se multiplicar. "Em adição, a imunossupressão gravídica (diminuição da atividade ou eficiência do sistema imunológico) também contribui para ocorrência de infecção urinária, a qual pode ser grave. Infecções abordadas inadequadamente aumentam o risco de prematuridade, bebês com baixo peso ao nascer e maior mortalidade perinatal", explica Letícia.

Além disso, o fluxo plasmático renal e filtração feita pelos rins crescem e há um aumento da excreção de ácido úrico, glicose e alguns aminoácidos. De acordo com a nefrologista, é importante realizar pré-natal adequado, aonde serão realizadas as orientações nutricionais pertinentes e evitar maiores complicações.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

46.2%
37.2%
0.7%
3.4%
3.4%
1.4%
0%
0.7%
0%
0.7%
0.7%
3.4%
0.7%
0%
1.4%
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp