26/06/2019 às 14h44min - Atualizada em 27/06/2019 às 00h00min

Usar ou não usar roupas no seu pet durante temperaturas baixas?

Basta cair a temperatura, para que donos de pets – principalmente no caso de cães – comecem a agasalhar seus bichinhos. Geralmente subentende-se que “Se eu estou com frio, meu pet também está”. Mas, será que é assim que funciona?

DINO
https://www.health4pet.com.br/

Claro que independente da pelagem de cada animal, os tutores devem tomar certos cuidados. Um deles é evitar que os animais fiquem expostos ao vento e friagem, isso pode causar gripes ou outras doenças do trato respiratório. Mas, ao contrário do que geralmente pensamos, a temperatura corporal dos animais é muito diferente do que em humanos. Além de terem uma temperatura mais alta que a nossa, devemos ter em mente também a pelagem de cada animal, que por si só já é uma proteção contra o frio.

Quais cuidados devemos ter?
Cães da raça Husky Siberiano e Chow Chow, por exemplo, tendem a formar um subpelo para proteção térmica, principalmente em determinadas épocas onde o inverno é bem rigoroso. Usar roupas para estes cães podem incomodar e inclusive provocar outros problemas de saúde, como dermatites, por exemplo. Portanto, a dica é que o tutor se informe com o veterinário de confiança a respeito das necessidades de seus pets.

"A própria gordura corporal normalmente já deixa os animais aquecidos, no entanto, é claro que em dias muitos frios os pets podem sim sentir frio. Neste caso, observe se as orelhas e as patas estão mais frias do que o normal e se ele está com tremedeira, se a resposta for positiva, o pet está precisando se aquecer. Uma casinha em lugar fechado, sem acesso ao vento, geralmente já é suficiente para manter a temperatura do corpo do pet", explica o Dr. Jose Roberto Souza Ribeiro, Diretor Técnico Veterinário da Health For Pet.

Se o tutor optar por vestir seu pet é importante que ele tenha em mente algumas informações:
- Agasalhar seu pet em excesso um cão de pelo longo ou acima do peso pode causar complicações. Neste providencie uma coberta ou travesseiro para dormir e assim evitar o excesso de roupas.
- A roupa precisa ser confortável e não deve atrapalhar a locomoção do pet.
- Alguns tecidos podem causar alergias, gerando um grande incômodo. O ideal é observar.
- Se o pet apresentar feridas na pele, não use roupas, caso contrário a cicatrização vai demorar ainda mais, já que não haverá a oxigenação necessária.
- Caso o pet aceite, use sapatos apenas para passeios externos.

Dr. Jose Roberto Souza Ribeiro | CRMV SP6783 - é Diretor Técnico Veterinário da Health For Pet, graduado em veterinária pela Universidade de Alfenas - MG, especializado em Fisioterapia Veterinária pela Universidade do Tennessee e pela Universidade Metodista. É sócio-proprietário Centro Veterinário Pet Plus e desde 1993 acumula experiência com clínica, cirurgia e fisioterapia de pequenos animais.



Website: https://www.health4pet.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

46.9%
36.4%
0.7%
3.5%
3.5%
1.4%
0%
0.7%
0%
0.7%
0.7%
3.5%
0.7%
0%
1.4%
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp