14/06/2022 às 16h06min - Atualizada em 14/06/2022 às 16h06min

Desintoxicação e desparasitação auxiliam a manter uma vida saudável.

O procedimento pode chegar a durar até 2 horas de atendimento. Se o testador de alumínio, por exemplo, der uma alteração, mostra que o corpo do paciente está com excesso do metal, o que pode causar diversos males.

Por Van Carvalho
Foto: Divulgação

Pense no nosso corpo como um aquário. Se a água estiver com sujeira, o ph estiver desregulado e a temperatura estiver acima do normal não vale a pena colocar um peixe para viver nele. Assim é o corpo humano. Antes de se pensar em fazer dietas ou planos alimentares, é fundamental fazer a desintoxicação e a desparasitação do organismo para conseguir os melhores resultados para a saúde.


Tudo começa com o teste biofísico de bioressonância – ainda recente no Brasil, mas já estabelecido há anos em países como Alemanha, Espanha, Portugal e Suíça. Um aurímetro e mais de trezentos testadores, cada um gravado com a frequência de um metal ou parasita, identifica e interpreta a frequência eletromagnética de partes do organismo.


“Todos nós, além do corpo físico, temos o corpo energético chamado biocampo. Com o teste, conseguimos mapear toxinas, poluentes e outros interferentes que podem estar adoecendo o paciente, ou até mesmo impedindo de emagrecer. Então, traçamos os protocolos de desintoxicação, desparasitação e biorregulação do organismo do paciente.”, explica a nutricionista integrativa Fernanda Galante, da Clínica Fernanda Galante, única na Bahia a fazer o procedimento.


O procedimento pode chegar a durar até 2 horas de atendimento. Se o testador de alumínio, por exemplo, der uma alteração, mostra que o corpo do paciente está com excesso do metal, o que pode causar diversos males. A partir daí, o tratamento é focado para eliminar esse excesso. Também há o testador com a frequência dos órgãos humanos.


Caso o fígado esteja com uma alteração, o testador do órgão vai dar uma alteração, mesmo que em exames clínicos e por imagem, não aponte nenhum problema no local. “Temos pacientes que relatam problemas nos órgãos, mas os exames deles estão perfeitos. Quando fazemos os testes, percebemos que há alterações nas frequências”, afirma Galante, completando que muitos problemas hormonais tem a ver com a intoxicação por metal ou parasitas.


O teste biofísico de bioressonância é importante até para saber quais alimentos ingerir através da incompatibilidade alimentar. “A pessoa pode estar fazendo dieta com alimentos que não estão de acordo com sua energia. Então, por mais que siga corretamente, pode não estar emagrecendo. A gente consegue descobrir pelo teste quais alimentos são melhores para ela e quais deve evitar.”, exemplifica a nutricionista, que abriu a clínica Fernanda Galante recentemente no CEO Salvador Shopping, Torre Nova Iorque, salas 901 e 902.


Trazendo o teste biofísico de bioressonância para a Bahia, Fernanda já atende clientes que antes tinham que viajar para São Paulo para realizar o procedimento. “Agora os baianos já contam com o teste aqui e podem se beneficiar da nutrição integrativa para ter uma vida muito mais saudável”, diz Fernanda.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp