04/07/2022 às 16h50min - Atualizada em 04/07/2022 às 18h11min

O que é a Varíola do Macaco?

Dra. Viviane de Macedo explica quais as formas de prevenção e se há tratamento para a doença

SALA DA NOTÍCIA IEME Comunicação
A Varíola do Macaco vem se espalhando de forma inédita pelo mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou, no último domingo (03/07), 76 casos da doença registrados em seis estados e no Distrito Federal.
Identificado em 1958 nas florestas da África Central e Ocidental, a zoonose causadora da doença já acumula mais de 1.700 casos fora do continente Africano. Com parte do mundo receoso, as autoridades de saúde vêm de forma moderada o risco da doença no planeta. No entanto, eles não descartam a necessidade de manter a vigilância em cima do vírus.
Para saber como a doença se propaga e se existe uma forma de prevenção e tratamento, consultamos a médica infectologista do Eco Medical Center, Dra.Viviane de Macedo.

CONTÁGIO
Da maneira que a Varíola do Macaco vem se espalhando, ainda não há uma explicação comprovada. No entanto, a forma conhecida de contágio é por meio de contato próximo com as feridas na pele, fluídos corporais, objetos ou superfícies contaminadas ou ainda gotículas respiratórias, seja de humanos ou animais infectados. O período de incubação pode acontecer entre 6 e 13 dias, podendo chegar até 21 dias.

MUTAÇÕES DO VÍRUS 
O vírus da Varíola do Macaco pode sofrer mutações para se adaptar ao organismo dos humanos. Segundo a médica infectologista, Dra. Viviane de Macedo, “o atual surto da doença pode ser consequência de um vírus que pertence a uma linhagem diferente das outras duas anteriores, o que pode refletir uma evolução acelerada para o padrão daquele vírus”.
A especialista ressalta que, nesse momento, é preciso ter atenção com os novos casos pelo mundo, mas que é menos provável que a doença cause uma pandemia de proporção como a do coronavírus. Isso porque “o vírus Monkeypox faz parte do gênero Orthopoxvirus que costuma ter menos mutações, anteriormente era uma a duas mutações por ano.”

TRATAMENTO 
Não há um tratamento específico para a doença. O que se sabe até o momento é que a vacina da varíola humana tem tido efeito para prevenir, proteger e atenuar os sintomas da doença. Existem também, antivirais que podem ser usados em pacientes com evolução grave, porém, ainda não disponíveis no Brasil como o Tecovirimat e o Brincidofovir. No momento, não há registros de mortes relacionadas à Varíola do Macaco.

---------
Sobre o Eco Medical Center: Recém-inaugurado em Curitiba (PR), é um complexo médico completo com mais de 30 especialidades médicas, realização de exames e cirurgias de pequena e média complexidade. Com um corpo clínico multidisciplinar e serviços interligados, o Eco tem o médico como protagonista para proporcionar aos pacientes os cuidados mais avançados no que se refere a especialidades como ortopedia, oncologia, pediatria, cirurgia plástica, além de um andar dedicado totalmente a saúde da mulher. O modelo é inspirado no conceito norte-americano MOB (Medical Office Building) com objetivo principal de facilitar a jornada dos pacientes que podem fazer o cuidado preventivo da saúde em um só lugar, além de encontrar serviços e conveniências como laboratório de análises clínicas, ótica, banco, café, entre outras facilidades. Localizado ao lado do Hospital IPO que é uma referência na capital paranaense, o Eco Medical Center atende os principais planos de saúde do país. Mais informações: www.ecomedicalcenter.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp