29/07/2019 às 17h19min - Atualizada em 29/07/2019 às 17h19min

Na Arena Condá, Bahia empata com a Chapecoense em 0 a 0

Partida foi marcada por erros de passes e por maior domínio do Bahia

ecbahia
Fonte: Divulgação / Chapecoens

O Bahia empatou em 0 a 0 com a Chapecoense, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi disputada neste domingo (28), às 11h, na Arena Condá.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por um jogo truncado no meio-campo, com passes errados por partes de ambos os lados e poucas finalizações a gol.

A primeira chance perigosa aconteceu para o lado alviverde, aos três minutos, em uma linda falta cobrada por Camilo, mas que parou em uma defesa ainda mais espetacular feita pelo arqueiro Douglas.

Por outro lado, o Esquadrão passou a encontrar mais espaço para atacar a partir do meio do primeiro tempo. Aos 28, Juninho aproveitou rebote em cobrança de escanteio e chutou na pequena área, mas o goleiro Tiepo fechou o ângulo.

Com dificuldades para invadir a defesa adversária, o Tricolor contava com tentativas de longa distância, mas sem sucesso. Nos acréscimos, Lucca cabeceou de maneira perigosa.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, a partida foi novamente marcada por inúmeros erros de passes e falhas em momentos importantes no ataque. Porém, com mais ações de perigo protagonizadas pelo Bahia em relação ao time mandante.

Mas, diferentemente do primeiro tempo, foi o Bahia quem chegou com perigo em uma cobrança de falta. Aos nove, Moisés cobrou rasteiro e fez o arqueiro adversário trabalhar.

Mesmo com a posse de bola equilibrada e com erros de passes, o Tricolor de Aço conseguia trabalhar mais vezes no campo ofensivo, na maioria delas com a velocidade de Artur em contra-golpes pela direita.

Aos 16 minutos, foi justamente Artur quem chegou perto de abrir a contagem, mas Márcio Araújo tirou quase em cima da linha.

Para tentar mudar a sequência da partida, Roger Machado mandou a campo jogadores como Shaylon, Clayton e Fernandão, respectivamente nos lugares de Ramires, Gilberto e Lucca, ao longo do segundo tempo.

Por sua vez, a Chapecoense criava menos do que no primeiro tempo, sempre em chutes de fora da área ou em cruzamentos para a grande área.

Na reta final, o Tricolor criou mais duas oportunidades de perigo, em cabeçada de Clayton e em finalização de Gregore.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

51.9%
14.8%
0%
7.4%
7.4%
0%
0%
3.7%
0%
0%
3.7%
11.1%
0%
0%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp