13/08/2019 às 18h28min - Atualizada em 13/08/2019 às 18h28min

Com a participação da SJDHDS, pontos de ônibus do CAB ganham acessibilidade

Os pontos de ônibus do Centro Administrativo da Bahia (CAB) estão sendo reformados e ganhando mais acessibilidade para as pessoas com deficiência que circulam e/ou trabalham no complexo. Com rampas de acesso, corrimões e sinalizações, as obras são realizadas mediante orientações e vistorias da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef).

Por :Jhonatanbiths
Secom/Bahia
Foto: Juliane Oliveira/ Ascom SJDHDS
Os pontos de ônibus do Centro Administrativo da Bahia (CAB) estão sendo reformados e ganhando mais acessibilidade para as pessoas com deficiência que circulam e/ou trabalham no complexo. Com rampas de acesso, corrimãos e sinalizações, as obras são realizadas mediante orientações e vistorias da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através da Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef).

O projeto de reforma dessas áreas faz parte do Plano Diretor do CAB 50, de responsabilidade da Secretaria de Administração, por meio da Superintendência de Patrimônio (Supat). As reformas já aconteceram nos pontos das secretarias de Justiça e Desenvolvimento Social, Administração e , Educação, além do Tribunal de Contas do Estado e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Agora, a reforma está prevista para o ponto da Procuradoria Geral do Estado (PGE), próximo à estação de metrô do CAB.

“O projeto de acessibilidade no CAB começou desde a implantação dos ônibus circulares do complexo administrativo. À época, planejamos, orientamos e vistoriamos todas as condições de acessibilidade dentro dos veículos, para garantirmos que a pessoa com deficiência fosse atendida conforme todas as leis de acessibilidade. Agora, estamos acompanhando o processo de reformas dos pontos, em conjunto com a Supat, para assegurar que os direitos de locomoção sejam garantidos a todos, dando todas as condições necessárias para que a pcd não encontre dificuldades e constrangimentos ao circular por aqui”, afirmou Alexandre Baroni, superintendente da Sudef.

 
O Plano diretor CAB 50 é um instrumento de política urbana de uma cidade, ou parte dela, organizando seu funcionamento e crescimento. Ele estabelece as normas de utilização da área, bem como os programas e ações necessárias para o seu desenvolvimento. O correto planejamento e implantação garantem o crescimento ordenado e sustentável, impactando na qualidade de vida das pessoas, no que tange a segurança, transporte público, infraestrutura, serviços, entre outros.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

ONDE VOCÊ PREFERE ASSISTIR A FILMES?

58.8%
5.9%
29.4%
5.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp