16/08/2019 às 11h55min - Atualizada em 17/08/2019 às 00h07min

Dia do Estagiário (18 de agosto): programa de estágio pode diminuir déficit profissional na área de TI

Somente em 2019, cerca de 25 mil postos de trabalho em TI não serão preenchidos pela falta de qualificação dos profissionais. Investimento em jovens talentos surge como alternativa para melhorar o nível da profissionalização do setor.

DINO
https://itltech.com.br/

Apesar de o Brasil possuir cerca de 13 milhões de desempregados atualmente, um setor em específico não tem sofrido com a falta de vagas. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) o país tem um forte déficit de mão de obra na área de Tecnologia da Informação (TI), sendo que somente neste ano cerca de 25 mil postos de trabalho ficarão vagos pela falta de profissionais.

Ainda segundo a Brasscom, 420 mil novas vagas de emprego serão criadas até 2024, sendo que boa parte delas também não serão preenchidas. Um dos motivos apontados pela associação em relação a dificuldade das vagas em TI serem preenchidas é a falta de qualificação. A entidade aponta que muitas instituições de ensino possuem currículos desatualizados e, isso, acaba engessando o profissional.

Além da falta de qualificação, os próprios números no mercado estão distorcidos, o que faz com que exista um déficit de profissionais disponíveis. Enquanto em Salvador se forma uma quantidade de trabalhadores muito maior do que o número de vagas disponíveis, em São Paulo o número de pessoas formadas fica abaixo do que o mercado demanda.

Importância do estágio

Comemorado em 18 de agosto, o Dia do Estagiário foi estabelecido em 1982 junto com a publicação do Decreto nº 87.497/82, que regulamentou a atividade. Neste cenário de dificuldade na formação da mão de obra no setor de tecnologia da informação, surge a necessidade de qualificar os jovens para a área, sendo que os programas de estágio são importantes para complementar a formação aliando conhecimento teórico, da universidade, com o prático.

Sylvia Bellio, CEO e fundadora da it.line, empresa eleita quatro vezes consecutivas a maior revendedora da Dell no Brasil, pontua que sua empresa entendeu essa defasagem e há quase um ano promove um extenso programa de estágio.

A empresária explica que o programa visa complementar a formação dos jovens. Ela afirma que as coisas mudam muito rápido particularmente na área da tecnologia, e que por isso é importante estar atento ao que está acontecendo no mercado de trabalho.

"Nós compreendemos o cenário atual do Brasil sobre a falta de mão de obra no setor de tecnologia e decidimos abrir o nosso próprio programa de treinamento. O estágio, quando acompanhado por uma equipe multidisciplinar, como é o caso da it.line, tem muito a agregar ao jovem, podendo ser um dos maiores diferenciais em sua formação" argumenta.

Sylvia é uma das mentoras do programa e explica que o acompanhamento ao aluno é feito não somente por profissionais do TI, mas também por especialistas em marketing e vendas. Além de jovens que estão cursando TI, a busca por novos talentos também se estende a pessoas que estão em graduações como arquitetura de programas e instalação e implementação de softwares, por exemplo.

Desde o ano passado, o programa de estágio da it.line já treinou mais de 20 estagiários, sendo que 10 foram efetivados. Atualmente a it.line possui um convênio com a Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), e por isso a maioria dos estagiários são oriundos da universidade. A parceria serve para incentivar a universidade do município e apoiar a região do ABC. Além disso, a colaboração também gerou outros frutos, como palestras  com especialistas da it.line e fabricantes de tecnologia no campus da USCS. A ideia é levar aos alunos as novidades e atualizações mais recentes do setor.

Habilidades para o futuro

A CEO da it.line comenta que o profissional do futuro precisa ser bastante dinâmico, além de possuir o conhecimento técnico propriamente dito. Este e outros posicionamentos estão defendidos em seu livro "Impressões Digitais", lançado recentemente pela editora Árvore Digital.

"Além do conhecimento técnico, o profissional moderno precisa ter habilidades como facilidade de adaptação, trabalho em equipe, flexibilidade e criatividade. Nas próximas décadas será preponderante ser multitarefa, já que as inovações estarão surgindo cada vez mais rapidamente", argumenta a empresária.

Por último, Sylvia explica que atualmente um processo seletivo está aberto para selecionar quatro jovens para o programa de estágio da it.line, sendo que até 2020 a expectativa é que 20 estagiários sejam contratados e capacitados pela empresa.

"Muita gente pensa que a área de tecnologia é muito complicada, mas isso é um mito. Como qualquer setor, ela exige trabalho duro e comprometimento. A tendência é que a necessidade de profissionais desta área cresça cada vez mais ao passar dos anos. O Brasil é o sétimo mercado mundial atualmente no setor e a perspectiva para o futuro é de crescimento. Então, quem procurar complementar sua formação acabará saindo naturalmente na frente de milhares de candidatos", finaliza Sylvia.



Website: https://itltech.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.7%
26.1%
0%
5.8%
4.3%
1.4%
0%
1.4%
0%
1.4%
1.4%
5.8%
0%
0%
1.4%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp