29/08/2019 às 17h56min - Atualizada em 29/08/2019 às 18h12min

É registrada diminuição no número de homicídios dolosos, segundo Ministério da Justiça

Tiveram seu número de ocorrências reduzido nos 4 primeiros meses de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. De 13.142 pessoas neste ano, contra 16.670 no ano passado.

DINO
https://www.generall.com.br/

Os homicídios dolosos, aqueles em que existe a intenção de matar, tiveram seu número de ocorrências reduzido nos 4 primeiros meses de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. De 13.142 pessoas neste ano, contra 16.670 no ano passado.

Os dados que confirmam a redução de 21,2% no número de homicídios dolosos são do Ministério da Justiça e Segurança Pública e mostram que a situação melhorou consideravelmente. Também, é interessante destacar que houve redução no número de outros crimes, embora sempre haja espaço para melhoria quando o quesito é segurança.

Quais outros crimes tiveram seu número reduzido?

De acordo com o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp), plataforma de informações cuja responsabilidade é da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), os tipos de crimes são os seguintes, com sua respectiva redução do 1º quadrimestre de 2018 para 2019:

  • Roubos a instituições financeiras (-38,5%);
  • Roubos de carga (-27,3%);
  • Roubos de veículo (-27,5%);
  • Latrocínios (roubo seguido de morte) (-23,8%);
  • Estupros (-13,6%);
  • Furtos de veículos (-11,1%);
  • Tentativas de homicídio (-8,6%);
  • Lesão corporal seguida de morte (-5,3%).

A alimentação dos dados é feita através de lançamentos de boletins de ocorrência por parte dos 26 estados e também do Distrito Federal, os quais possibilitam a centralização das informações em um único local.

Outros indicadores de violência também já mostravam uma diminuição nos índices de criminalidade, como o Atlas da Violência, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

A unificação das informações se mostra como um passo importante para as políticas públicas, já que tornam possível entender qual é a situação do país a respeito de sua segurança, de modo que as iniciativas adotadas sejam fundamentadas em dados concretos.

Quais motivos contribuíram para essa redução?

Vários podem ser citados, como os programas de governança e segurança pública, maiores investimentos na polícia e também programas estaduais, que atuam em conjunto em prol do bem comum.

Além das iniciativas públicas, também há que se ressaltar a importância da iniciativa privada para essa finalidade, como os serviços que são prestados por empresas de segurança especializadas, as quais atuam como uma camada adicional de proteção patrimonial e, principalmente, para as pessoas.

Essa é uma estratégia que pode ser colocada em prática por empresas de todos os portes e segmentos, já que reservar recursos financeiros para ter mais segurança não é um custo, mas sim um investimento, dado os benefícios que são obtidos através desse tipo de serviço.

Equipamentos de segurança, como alarmes e sistemas de vigilância, bem como segurança patrimonial e escolta, despontam como iniciativas com ótimo potencial de resultados e que podem ser implantadas em um curto período de tempo.

A Generall é uma empresa de segurança com mais de 25 anos de experiência na área, que conta com profissionais altamente capacitados e qualificados nos procedimentos e serviços citados, de modo a proporcionar as melhores condições possíveis de proteção ao patrimônio e às pessoas, o que contribui, direta e indiretamente, com a redução dos índices de criminalidade no país.



Website: https://www.generall.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
25.8%
0%
6.1%
4.5%
1.5%
0%
1.5%
0%
1.5%
1.5%
6.1%
0%
0%
1.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp