Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
04/12/2019 às 11h12min - Atualizada em 04/12/2019 às 11h33min

Especialistas listam os carros menos roubados no Brasil e revelam em quais modelos investir

A importância de escolher um modelo de carro menos visado por bandidos

DINO
https://noxcar.com.br/

Comprar um carro é um investimento considerável. Ninguém quer correr riscos e adquirir um automóvel que poderá ser roubado no dia seguinte. No entanto, não há como prever quando um furto será realizado. Por essa razão, muitos motoristas acabam comprando carros no mercado sem saber se são visados ou não por criminosos.
O que é possível, todavia, é levar em consideração quais são os carros mais visados por ladrões e os menos visados. Dessa forma, vale a pena investir naquele automóvel que tem menor probabilidade de ser roubado. Pelo menos essa é a indicação dos especialistas da NoxCar, concessionária de seminovos da região metropolitana de Florianópolis(SC) .

"É claro que esse não é o elemento mais importante a ser avaliado na hora de adquirir um veículo, mas é algo a ser levado em conta. Afinal, um carro que é pouco visado por criminosos tem uma dose de segurança extra", explica o especialista.
Para entender quais são os carros menos roubados no Brasil, no entanto, é preciso recorrer a dados oficiais de registros de roubos e fazer as contas, como relata o especialista:
"Não basta somente levantar o número total de roubos nos dados oficiais de segurança pública, pois o volume de carros não é igual entre todos os modelos. Por exemplo, se tiver 100 carros do Modelo X e todos forem roubados, a taxa é de 100%. É possível inferir que esse modelo é um veículo muito visado pelos ladrões. No entanto, se houver 1 milhão de unidades do Modelo Y nas ruas e 1000 delas forem roubadas, a taxa é de 0,1%. Conclui-se que não é um carro particularmente visado. No entanto, se for considerado apenas o número de ocorrências, isso leva a se pensar no oposto", afirma o especialista.
Quem fornece os dados oficiais para determinar quais os carros menos roubados do país é o SUSEP, órgão que regula o setor de seguros privados. A entidade pega o número de unidades de um determinado modelo de carro em uma região e contabiliza quantos sinistros (ou seja, quantas situações de roubo ou furto) foram realizados com esse modelo na área.

Dividindo os valores, é possível constatar se determinado veículo é mais ou menos visado para a prática de crimes.
"É importante acompanhar a lista, inclusive para quem for comprar carros usados e seminovos, pois alguns modelos ainda são visados por criminosos, mesmo não sendo novos em folha", alerta o especialista.

O primeiro lugar do ranking, ou seja, aquele que pode ser considerado o menos roubado no Brasil surpreende: é o Jeep Renegade, com índice de 0,044 ou o equivalente a 4% de sinistros por região.
"O Renegade é um carro robusto, poderoso. Surpreende ser tão pouco visado já que é um veículo valioso, acima dos R$ 70 mil. No entanto, dá para especular que a causa de tão poucos roubos é que o automóvel passa a impressão de ser muito seguro e protegido", diz o especialista.

Em segundo lugar na lista vêm os Peugeot 2008 e 3008 que, somados, oferecem índice de roubo e furto de 0,306. A diferença para o primeiro lugar é significativa, mas os SUVs da montadora francesa ainda ficam bem abaixo da média nacional, o que indica segurança na escolha.

Logo em seguida vem o Fiat Strada, a picape menos roubada no país, com índice de 0,338. A informação é surpreendente, pois o Strada é um veículo bem popular, com muitas vendas. Só em 2019, por exemplo, foram mais de 50 mil unidades comercializadas no primeiro semestre.
Na quarta posição do ranking dos carros menos roubados no Brasil aparece o Honda City, primeiro sedã da lista (e, portanto, o menos visado por criminosos do segmento). Seu índice de roubo e furto é de 0,430.

Por fim, para completar o Top 5 dos carros menos roubados no Brasil vem o Mitsubishi Lancer, com índice de roubo e furto de 0,470. Antes muito popular, o Lancer perdeu um pouco de fama nos últimos anos e esse processo de "esquecimento" o tirou do radar até mesmo de criminosos.
"Comprar um dos carros da lista dos menos roubados dá ao motorista uma sensação maior de segurança. É claro que é impossível garantir que determinado veículo não seja furtado, tendo em vista que não dá para controlar esse tipo de acontecimento. No entanto, os números denotam certo padrão de segurança com esses modelos", diz o especialista.

Além de evitar comprar um carro que tem mais chances de ser roubado depois, o consumidor deve também se atentar para não comprar um automóvel que tenha sido roubado. Infelizmente, isso não é totalmente incomum no mercado de usados e seminovos.
"Esse é um risco de comprar com particulares. Dificilmente dá para saber a procedência do automóvel. O consumidor pode acabar adquirindo um carro roubado sem ter conhecimento do fato", diz o especialista.

Existe, no entanto, um cuidado para evitar a compra de um carro que foi roubado: a Vistoria Cautelar.
"O processo consiste em revisar todos os documentos do automóvel para poder detectar a sua procedência. Isso significa verificar se o carro foi roubado, se teve algum sinistro ou se tem algum recall por fazer. Se aprovado, o veículo ganha um selo de procedência. O recomendado é que o consumidor só compre automóveis com esse selo", conclui o especialista.



Website: https://noxcar.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

49.3%
28.0%
0%
5.3%
4.0%
2.7%
0%
1.3%
0%
1.3%
1.3%
5.3%
0%
0%
1.3%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp