03/01/2020 às 12h01min - Atualizada em 23/01/2020 às 18h33min

Metodologia inovadora ajuda concessionárias a bater meta de vendas

Metodologia do Grupo Alexandre Jacques faz com que concessionárias vendam em um dia o que costumam vender em um mês

DINO
https://pregaodeguerra.com.br

É muito provável que a maioria das empresas do mundo queira aumentar as suas vendas; ou sua fatia do mercado; se livrar de alguma mercadoria parada no estoque; ou promover o lançamento de um novo produto.

Isso significa, portanto, que a maioria das empresas se interessem pelos números do Pregão de Guerra, uma nova metodologia que tem obtido resultados inacreditáveis, adjetivo esse utilizado pela maior parte de seus clientes, em depoimentos gravados desde de 2017.

Criada pelo Grupo Alexandre Jacques, a metodologia do Pregão de Guerra faz barulho e promessas incríveis. Os resultados, até o momento, dão razão às promessas e comprovam que o método funciona mesmo.

"Os números têm sido fantásticos. Já vendemos mais de 7.903 carros novos em 105 eventos pelo Brasil inteiro, com média de 111% de meta batida, ou seja: nossa média é vender mais do que se venderia em um mês inteiro da concessionária em um único dia", afirma o criador da metodologia, Alexandre Jacques.

Mas o que explica o sucesso da metodologia do Pregão de Guerra? De acordo com os especialistas, é uma mistura entre uma abordagem completamente original, técnicas de neuromarketing, neurovendas, neurociência, gamificação e um trabalho intenso de construção de equipe.

"Não existe só um segredo. É uma metodologia completamente original e que reúne os conhecimentos mais recentes de diversos campos da neurociência, além de um trabalho arrojado de gamificação e construção de uma equipe. Tudo isso, endossado por mais de 21 anos de experiência no mercado e profundo respeito pelo cliente. Por esse motivo é um método tão bem-sucedido", revela Alexandre Jacques, CEO do Pregão de Guerra.

O processo do Pregão de Guerra é complexo. Eleconsiste em uma preparação de 15 dias em que o Grupo Alexandre Jacques trabalha com toda a equipe do cliente, envolvendo Marketing, Comercial, Gestão e que culminará em um dia de muito fluxo de loja e vendas.

"A ideia é colocar absolutamente todos da empresa juntos no objetivo de vender mais. Durante o projeto, os departamentos são "extintos" e os colaboradores se juntam para atingir o resultado esperado", revela o especialista.

Depois da quinzena de preparação, a equipe da concessionária organiza o Pregão de Guerra, estando todos preparados para oferecer uma experiência nova de vendas aos seus clientes.

"Como os números indicam, a metodologia é muito bem-sucedida. A taxa de conversão é de 25,33%. Isso significa que 1 em cada 4 clientes que passam pela concessionária em dia de Pregão de Guerra sai de lá com um carro novo", explica o especialista.

No entanto, a metodologia não serve somente para vender carros. Ela pode ser aplicada também em outros mercados e segmentos.

"Exatamente. Nós já vendemos mais de 27.762 planos de saúde com a metodologia, além de movimentar mais de R$ 100 milhões em imóveis vendidos com construtoras e incorporadoras no Brasil. O método funciona muito bem em qualquer área", revela o representante do Pregão de Guerra.

É fato que a metodologia do Pregão de Guerras é versátil. Além de dar resultado em diferentes segmentos do mercado, como o setor de automóveis, imobiliário e de planos de saúde, o programa ainda pode ser aplicado com diferentes objetivos.

"Nós recomendamos o Pregão para empresas que estejam em diferentes estágios. Para alguns, é o evento perfeito para o lançamento de um novo produto com o pé direito. Para outros, é uma excelente maneira de aumentar seu market share. Já alguns clientes se beneficiam do sistema para fazer uma queima de estoque, enquanto outros buscam simplesmente aumentar seu nível de vendas", explica o especialista.

Os benefícios do Pregão, no entanto, não ficam reduzidos ao dia do evento (se é que é possível chamar 1 mês de vendas feitas em um único dia de "reduzido"). As empresas que realizam o Pregão de Guerra sentem uma performance de vendas superior, graças à continuidade do trabalho realizado.

"Isso mesmo. Após o evento, existem duas possibilidades de continuidade do programa: uma digital e outra analógica. No entanto, o principal ganho é colocar a equipe comercial da empresa em um novo patamar, graças ao uso de técnicas de Neurovendas. Por causa disso, há continuidade nos benefícios gerados pelo programa", explica o especialista.

Alexandre Jacques, criador do grupo e da metodologia, é administrador e professor pela Fundação Getúlio Vargas, além de coach formado pelo ICI (Integrated Coaching Institute), com MBA em Gestão de Pessoas também pela FGV.

O trabalho na criação do Pregão de Guerra é antigo e vem desde janeiro de 1999. "Nenhuma metodologia eficaz de verdade é criada em pouco tempo. Levou 21 anos para o Pregão de Guerra chegar no estágio atual, e é possível ver pelos resultados que essas décadas de conhecimento acumulado valeram a pena", explica.

E quais os planos do grupo para o futuro? Ajudar ainda mais empresas a bater seus recordes de venda em 2020, claro.

"Nosso objetivo é levar o Pregão de Guerra para novas empresas, diversificados segmentos e lugares. Já rodamos o Brasil inteiro, mas queremos chegar a mais cidades e levar a excelência para mais profissionais, além de contribuir para fomentar a economia do nosso país", conclui o representante do Pregão de Guerra.



Website: https://pregaodeguerra.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

52.5%
23.7%
0%
5.1%
5.1%
1.7%
0%
1.7%
0%
1.7%
1.7%
5.1%
0%
0%
1.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp