10/02/2020 às 15h12min - Atualizada em 10/02/2020 às 15h12min

Trade turístico prevê até 100% de ocupação hoteleira durante Carnaval

Por :Jhonatanbiths - JBN Bahia Salvador
Secom/Ssa
A poucos dias para o início do Carnaval, entidades ligadas ao trade turístico baiano, como a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), esperam que Salvador repita o índice de ocupação hoteleira de anos anteriores. A folia acontece oficialmente do dia 20 a 25 deste mês e, durante o período, a taxa deve chegar a 95% de ocupação, com picos de 100% durante a festa.
 
“A procura por hospedagens tem sido grande. Muitos hotéis já estão com lotação máxima e essa busca deve crescer ainda mais a partir da próxima semana. A estimativa é que em um ou dois dias de festa a cidade alcance 100% de ocupação hoteleira”, afirma o presidente da ABIH-BA, Luciano Lopes.
 
Os seis dias de festa proporcionarão experiências inesquecíveis a baianos e turistas que curtirão o clima contagiante dos circuitos e dos desfiles dos trios elétricos, movendo a economia da cidade. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), o Carnaval deve atrair 854 mil visitantes. O quantitativo é 6,7% maior do que o registrado no mesmo período em 2019.
 
Dos turistas que vão chegar, 435,8 mil são do interior da Bahia e 331,5 mil de outros estados, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Distrito Federal. Também desembarcarão na capital baiana 86,2 mil estrangeiros, oriundos principalmente da Argentina, França, Estados Unidos, Alemanha, Espanha e Inglaterra.
 
Economia – A movimentação econômica deve girar em torno de R$1,8 bilhão, decorrente dos gastos com a própria hospedagem, bebidas, alimentação, transporte, abadás, camarotes, roupas e acessórios. No total, o Carnaval 2020 vai gerar 215 mil postos de trabalho temporários. Serão oportunidades em até 40 áreas de atuação em mais de 50 setores da economia.
 
Somente na montagem, desmontagem e operação de estruturas para a folia, a exemplo dos camarotes, serão 20 mil vagas. No ramo artístico, ligado à indústria do espetáculo, serão 10 mil vagas e, na hotelaria, 1,7 mil. No setor público, a Prefeitura, por exemplo, terá 10 mil colaboradores atuando na organização da festa.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

ONDE VOCÊ PREFERE ASSISTIR A FILMES?

68.2%
4.5%
22.7%
4.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp