29/06/2020 às 11h51min - Atualizada em 29/06/2020 às 14h03min

Como a manutenção preventiva pode ser crucial para a prevenção de acidentes?

Considerada um custo extra, o que é um erro de análise, pois deveria ser algo já intrínseco e pertencente as estratégias das empresas na busca de agregar valor aliado ao acompanhamento tecnológico.

DINO
http://www.dino.com.br

A maioria das empresas tem no setor de manutenção a responsabilidade em criar a prevenção de acidentes. Segundo o Engenheiro de automação, Felipe Andrade da Silva Santos, no Brasil ainda é considerada um custo extra, o que é um erro de análise pois deveria ser algo já intrínseco e pertencente as estratégias das empresas na busca de agregar valor aliado ao acompanhamento tecnológico.

“A manutenção preventiva é uma ação muito importante para uma continuidade operacional segura e sem causar surpresas, pois quando uma falha não é prevista ou ao menos acompanhada, os custos são muito mais elevados e dependendo da gravidade da falha pode ocasionar acidentes em pessoas ou nos próprios equipamentos, gerando gastos excessivos em reparos e consequentemente daquele equipamento se tornar inoperante”, alerta do engenheiro.

A base da manutenção preventiva como o próprio nome já diz, é prevenir que algo inesperado ocorra, portanto, são necessárias técnicas de manutenção para a efetividade deste processo. “Existe algumas técnicas que podem ser aplicadas, entre elas as trocas baseadas em vida útil estipuladas pelo fabricante somada a históricos de eventos daquele equipamento, outras mais robustas e confiáveis como a termografia que é uma análise de temperatura operacional de componentes dos equipamentos a fim de monitorar quando ele estiver em início de falha, e por último a técnica muito difundida é a análise de vibração utilizada para acompanhar a evolução da degradação de um componente mecânico baseado em uma análise de espectro de vibração coletado em pontos estratégicos de um determinado componente e posteriormente inseridos os dados coletados em softwares específicos para uma conclusão e previsibilidade de ocorrer um evento indesejável” detalha Felipe.

Santos alerta que o setor de manutenção bem estruturado dentro de uma companhia não será visto apenas como custo pois ele evitará perdas significantes no presente e futuro. Um setor de manutenção necessita ter autonomias para tomadas de decisões rápidas e precisas. Faz parte disso uma boa estrutura da equipe de manutenção, com diretrizes e objetivos bem descritos e claro a todos, uma equipe com profissionais bem capacitados e com experiência.

Para finalizar o engenheiro lembra que um setor de manutenção estratégico com autonomia, formada por profissionais qualificados e com disponibilidade/aplicabilidade das técnicas existentes, a prevenção de acidentes de pessoas e equipamentos será totalmente efetiva possivelmente os sinistros tendem a zero.

 



Website: http://www.dino.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

ONDE VOCÊ PREFERE ASSISTIR A FILMES?

63.2%
5.3%
26.3%
5.3%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp