Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
19/01/2021 às 15h18min - Atualizada em 20/01/2021 às 00h00min

Joias e Dentes | Um casamento de milhares de anos

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
Muita gente não sabe, mas a conexão entre joias e dentes não é um assunto novo.
Em 2016, Lucie Majerus, uma designer de Luxemburgo criou uma coleção de joias criadas com dentes do siso e a apresentou na Semana de Design Holandesa 2016, sob o nome de “Marfim Humano”.

https://super.abril.com.br/wp-content/uploads/2016/11/081.jpg

https://super.abril.com.br/wp-content/uploads/2016/11/081.jpg


Joias com Dentes do Siso | Majeruslucie

O objetivo da artista foi criar peças usando outros materiais em substituição ao marfim de animais como os elefantes, que são mutilados e mortos, chamando a atenção para a causa e utilizando-se de um dos mercados mais ricos do mundo, a moda, para isso.

A designer começou o projeto usando seu próprio dente do siso e dentes doados por professores e dentistas.
Dentes do siso são mais resistentes do que pedras e por isso, cada joia é única, pois assim como as pedras preciosas, é impossível encontrar duas peças idênticas.

Para a criação da coleção, a designer transforma os dentes em pequenas pérolas e utiliza o mínimo possível de metal, como nesses lindos brincos pequenos abaixo:

https://super.abril.com.br/wp-content/uploads/2016/11/051.jpg?quality=70&strip=info&w=920

https://super.abril.com.br/wp-content/uploads/2016/11/051.jpg?quality=70&strip=info&w=920


Realmente é preciso reconhecer que a criatividade da designer merece elogios pois até então, apenas dentes de leite eram conhecidos como joias simbólicas na atualidade, fazendo parte de brincos e colares de mães que queriam homenagear seus filhos.
Na arte da designer, uma causa enorme e importantíssima foi representada, mas essa não foi a única vez que joias e dentes estiveram embaixo dos holofotes.

Grillz

Em 2017, Madonna (dispensa apresentações), publicou uma foto no seu Instagram utilizando um acessório muito chamativo nos dentes.

Com um brilho impossível de não ser notado, as joias para dentes, ou Grillz, como são chamadas popularmente, já haviam sido usados pela cantora pop no baile do Met 2017 e também fez sucesso nos dentes de Rihanna e Ke$ha.
Muito comum na cultura Hip Hop dos anos 80, quando usada por divas da atualidade, o Grillz entrou na mente da criançada e adolescentes de todos os países logo começaram a procurar pelos acessórios.

O problema é que a grande maioria passou a fazer isso como quem usa um brinquinho e não consultou um dentista antes da decisão.

O Grillz pode causar danos à saúde bucal, se usado de forma incorreta e constante. Entre alguns problemas estão cárie e gengivite, periodontite e até perda dos dentes.

Embora no Brasil o problema não tenha se tornado epidêmico, nos Estados Unidos e em outros países da Europa, a questão tornou-se séria ao ponto de muitos artistas abandonarem o acessório, a fim de não prejudicar a própria saúde não influenciar jovens a aderirem a ele.

Dentes de Ouro

Como falado anteriormente, joias e dentes parecem ser um casamento antigo...
Em 2002, a moda na Europa era colocar coroas de ouro sobre os dentes, o que acabou gerando diversas pesquisas, com muitos resultados negativos sobre a prática.

Se não aplicadas por um profissional experiente e se não for dada a devida manutenção, as coroas, que nada mais são do que uma capa sobre os dentes que fica em contato direto com a gengiva, podem causar sangramentos e danificar os dentes permanentemente.

Na época, opções como capas adesivas de ouro 24k e outros metais nobres para “colar” no dente foram sugeridas como uma sugestão para quem não queria abrir mão de estar na moda, mas também não queria arriscar sua saúde para conseguir isso.

Joias de Dentes eram usadas há mais de 8.000 anos

Há quem pense que o tema de joias e dentes é algum tipo de “modinha”, lançado para aparecer no Instagram ou fazer sucesso entre os seguidores, mas a prova que essa conexão é mais antiga é o resultado de uma pesquisa publicada no Journal of Archaeological Science: Reports, tema de matéria na revista Galileu, em 2019.

Foram descobertos durante escavações realizadas entre 2013 e 2015, em Çatalhöyük, um importante assentamento do fim do período neolítico, na região da Anatólia Central da Turquia, dois dentes molares humanos modificados, usados ​​como joias a aproximadamente 8.500 anos atrás.

https://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2019/12/jcscxyk2ilsgwcjmy7w2-1-800x450.jpg

https://gizmodo.uol.com.br/wp-content/blogs.dir/8/files/2019/12/jcscxyk2ilsgwcjmy7w2-1-800x450.jpg


Segundo Haddow (um dos pesquisadores), explicou em um comunicado à imprensa, os dentes humanos “carregavam profundo significado simbólico para as pessoas que os usavam”, o que deixava claro que os dentes não tinham apenas significado estético nas joias.

Tanto tempo depois, ainda não sabemos o motivo da fixação humana por dentes, além dos motivos naturais relativos à vida e sobrevivência.

Por que utilizá-los como símbolos de maternidade, por exemplo? Por que transformá-los em joias ou revesti-los com metais preciosos?

São perguntas sem resposta, atualmente, mas certamente, esse assunto ainda terá muitas páginas a serem desenroladas.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

52.5%
23.7%
0%
5.1%
5.1%
1.7%
0%
1.7%
0%
1.7%
1.7%
5.1%
0%
0%
1.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp