20/01/2021 às 16h01min - Atualizada em 21/01/2021 às 00h00min

Como Cuidar de um Familiar Idoso: Dicas Importantes

Você está cuidando ou vai precisar cuidar de um familiar idoso? Então confira este artigo e veja algumas dicas importantes que você deve saber!

SALA DA NOTÍCIA Bruno
 

Com o passar do tempo, todos nós envelhecemos, afinal, isso faz parte do ciclo natural da vida. E nossos pais e avós são as pessoas que chegam primeiro a essa fase, isto é, a terceira idade.

 

Para alguns, é só uma questão de número, no entanto, para outros, é um período bastante complicado, com diversos desafios e dificuldades...

 

Por isso, se você tem um familiar idoso e que precisa de cuidados especiais, confira este artigo e veja as dicas importantes que separamos para você!

Dicas importantes para cuidar de um familiar idoso

Entenda quanto cuidado é necessário

 

O primeiro passo que você deve levar em consideração é descobrir quanto cuidado seu familiar idoso realmente precisa. 

 

Para isso, uma boa dica é criar uma lista de tarefas de cuidados diários, semanais e mensais.

 

Assim, você conseguirá entender quanta ajuda é necessária durante o dia, à noite e nos finais de semana. 

 

Além disso, você perceberá quanta supervisão é necessária e em que horas do dia.

 

Uma maneira fácil de fazer uma lista abrangente é utilizar um bloco de notas e fazer anotações rápidas sempre que você ou outra pessoa ajudar seu familiar idoso em alguma coisa. 

 

Depois de uma semana, você já terá uma boa visão geral de quanta ajuda o idoso precisa.

Seja realista e não esqueça da sua própria saúde

 

Agora que você sabe quais são as necessidades de cuidados do seu familiar idoso, é hora de avaliar se são coisas que estão ao seu alcance ou não.

 

Talvez você perceba que definitivamente precisa de muita ajuda em diversas tarefas.

 

Por isso, em sua avaliação, pense cuidadosamente sobre quantos cuidados você pode realisticamente fornecer sem prejudicar sua própria saúde. 

 

Isso porque, você precisa priorizar seu autocuidado. É importante, por exemplo, que você nutra seu corpo com refeições saudáveis ​​e nutritivas, certifique-se de ter um sono de boa qualidade, beba bastante água e se você tiver tempo e energia, faça exercícios pelo menos três vezes por semana.

 

Tenha em mente que você precisa encontrar um equilíbrio e se cuidar também, pois, caso contrário, você poderá acabar se esgotando ou desenvolvendo um sério problema de saúde - deixando-o incapaz de cuidar de alguém.

 

Portanto, seja o mais proativo possível e encontre maneiras de obter a ajuda necessária para manter a sua saúde e a de seu familiar idoso em dia.

 

De repente, hospedá-lo em um lar de idosos ou contratar um cuidador particular sejam alternativas mais viáveis.

 

Isso porque, tais situações envolvem profissionais, indivíduos que são qualificados e preparados para cuidar de pessoas que estão na terceira idade.

 

Então, eles já têm experiência para ajudar na alimentação, na mobilidade, na higiene pessoal, na limpeza e organização, na ingestão de medicamentos e muito mais.

Auxilie o familiar idoso com questões financeiras e jurídicas

 

 

Com o passar do tempo, muitos idosos podem perder a capacidade de administrar certos tipos de assuntos financeiros e jurídicos.

 

Além disso, muitos são vulneráveis ​​à exploração financeira, à golpes que, infelizmente, são recorrentes.

 

Por isso, busque auxiliar o seu familiar idoso com questões financeiras e jurídicas, e caso necessário, peça ajuda - o que nos leva diretamente para o próximo tópico.

Peça ajuda

 

Você pode estar fazendo um ótimo trabalho cuidando do seu familiar idoso e talvez todos ao redor pensem que você não precisa de ajuda. Porém, não é bem assim que as coisas devem ser…

 

É importante que outros familiares e parentes tenham uma parcela de responsabilidade e ajudem também. Ninguém deve ficar sobrecarregado, você precisa descansar e fazer suas pausas.

 

Por isso, converse com irmãos, filhos, sobrinhos… enfim, e veja de que forma eles podem ajudar.

 

Nem sempre as coisas vão ser como você espera, mas qualquer ajuda que você conseguir já diminuirá a carga de trabalho para você.

 

Se você sabe que não pode fazer tudo, mas quer ser capaz de fornecer o melhor cuidado possível para seu familiar idoso, então você precisa encontrar ajuda.

Aceite seus sentimentos

 

Cuidar de um familiar idoso pode desencadear uma série de emoções difíceis, como raiva, medo, ressentimento, culpa, desamparo e tristeza. 

 

Mas calma! É importante reconhecer e aceitar o que você está sentindo, tanto bom quanto ruim. Não se culpe por suas dúvidas e receios. 

 

Ter esses sentimentos não significa que você não ame seu familiar - eles simplesmente significam que você é humano.

 

E para conseguir lidar com esses sentimentos, é importante que você fale sobre eles com alguém. Não mantenha suas emoções reprimidas. 

 

Portanto, encontre pelo menos uma pessoa em quem você confie para ouvi-lo, sem interrupção ou julgamento.

 

Assim, seguindo esse e os outros tópicos abordados ao longo deste artigo, cuidar de um familiar idoso será algo muito menos cansativo e complicado!

 

E caso você tenha alguma outra dica para dar, use o espaço abaixo. De repente algo que você saiba ou faça possa ajudar outras pessoas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

52.5%
23.7%
0%
5.1%
5.1%
1.7%
0%
1.7%
0%
1.7%
1.7%
5.1%
0%
0%
1.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp