11/02/2021 às 17h35min - Atualizada em 11/02/2021 às 17h35min

Nasce a nova musa da sofrência!

A cantora Emilly Rodrigues, do grupo A Dona - Original, decidiu migrar do pagodão baiano para o arrocha e apresenta novo visual

Por :Jhonatanbiths
Gilmar Souza/Divulgação 
Filha de Jauá, localidade na orla do distrito de Vilas de Abrantes, no município baiano de Camaçari, a cantora e compositora Emilly Rodrigues, de 21 anos, começou a cantar aos cinco, na igreja. Profissionalmente, a primeira experiência foi no grupo A Dona - Original, onde cantou durante um ano o segmento de pagode. Ano novo, tudo novo! 

A vocalista decidiu mudar radicalmente o estilo musical de sua banda, de pagodão baiano para o arrocha e mudou também o visual, que vocês podem conferir nas fotos e revelou o motivo. "Mudei porquê me identifico mais com o sertanejo e arrocha. Amo o pagode,porém não era algo que eu me enxergava mais fazendo, daí conversei com os empresários da T-Music Brasil Produções e a VN Produções, que gerenciam minha Carreira e, graças a Deus, eles abraçaram a minha ideia e vão continuar apostando na banda. O novo visual nos cabelos e nos figurinos também foi necessário para se adequar a mudança de estilo".  O lançamento oficial desta nova fase, será no dia 26,

13h30, no programa Universo, de  Alex Lopes, na TV Aratu. Durante o programa ela apresentará em primeira mão canções do primeiro CD ,que terá sete faixas. Quatro delas, incluindo a música de trabalho "Virei", que em breve chega às rádios e todas plataformas de streaming,  são composições de Emilly. As outras três são regravações de sucessos de outros artistas. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

ONDE VOCÊ PREFERE ASSISTIR A FILMES?

69.2%
3.8%
19.2%
7.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp