Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
24/03/2021 às 12h16min - Atualizada em 25/03/2021 às 00h00min

Mês do Consumidor: Investidor explica como evitar cair em fraudes

Rodrigo Cohen, investidor profissional (CNPI-T) e co-fundador da Escola de Investimentos, fala sobre a importância da data para o mercado financeiro e dá dicas para que os consumidores não caiam em golpes e contraiam dívidas fazendo compras na data

SALA DA NOTÍCIA Isabella Sala de Andrade
Divulgação
O Mês do Consumidor marca, para o varejo, a primeira grande data do primeiro trimestre do ano, que atrai o público às compras, devido aos preços baixos com as promoções e descontos promovidos pelas lojas e marcas. Assim como para o varejo, a data também é importante para o mercado financeiro, pois estimula a economia geral e proporciona grandes ganhos para empresas e investidores.

“A grande quantidade de vendas representa um grande lucro para as empresas, que, por sua vez, trazem uma expectativa maior de pagamento de dividendos em cada exercício, que, consequentemente, trazem uma maior valorização do preço das ações. Então, com certeza, datas como essa são muito importantes para o mercado financeiro, porque estimulam a máquina da economia geral, mostram que o mercado está, realmente, aquecido e isso proporciona ganhos para todo mundo que está investindo neste momento”, explica Rodrigo Cohen, investidor profissional (CNPI-T) e co-fundador da Escola de Investimentos, instituição online lançada com o objetivo de democratizar o conhecimento do assunto e torná-lo acessível para todos.

São muitas promoções acontecendo ao mesmo tempo e é normal que o consumidor se perca um pouco na hora de comprar. Por isso, é importante que ele se prepare financeiramente para a data e fique atento, a fim de não cair em golpes e fraudes “escondidos” por trás de supostos descontos. “O ideal é não fazer compras muito próximas à data e que o consumidor se prepare e reserve, antecipadamente, uma parte de seu capital - sem ser o que ele usa para investimentos, é claro - para algo que ele realmente precise comprar”, explica Rodrigo. “É importante também que ele pesquise o que quer comprar com antecedência e já saiba os preços, para quando chegar a hora, saber se realmente está valendo a pena a compra ou se é um golpe da loja”, completa.

Além do cuidado em relação aos preços, Rodrigo também aconselha os consumidores a comprarem apenas em lojas e marcas grandes e mais conhecidas. “Assim, ele terá mais segurança e saberá se o produto é confiável e chegará em boas condições para ele”, explica. “Cuidado também aos serviços extras que são oferecidos no momento da compra, como os seguros, por exemplo. Você tem que evitar agir na emoção e sair pagando várias outras coisas sem necessidade, pois, no final, você, muitas vezes, acaba não tendo desconto nenhum”, complementa Cohen.

Por fim, o especialista ainda atenta ao cuidado que os consumidores têm que ter para não se endividarem ao comprarem na data, mesmo com descontos. “Eu, particularmente, sou da política de que as pessoas têm que comprar o que elas podem pagar, por mais que doa. Evite parcelar compras e pague tudo à vista. Muitas vezes, as pessoas acabam comprando produtos à prazo que, daqui uns meses, nem lembram mais. Então, opte sempre por pagar o que pode a cada mês e compre coisas que realmente você possa. Se não puder, use isso como um incentivo e se esforce para ganhar mais dinheiro para, então, poder comprar aquilo que você deseja”, finaliza.

Sobre Rodrigo Cohen
Formado em engenharia elétrica/computação, Rodrigo Cohen virou trader em tempo integral em 2013, quando tirou seu certificado de analista técnico de investimentos e entrou para o mercado financeiro em 2000. Idealizador da Escola de Investimentos e criador do método O Grande Plano, é responsável pela transformação de mais de 28 mil pessoas comuns em investidores nesse mercado. Atualmente, suas redes sociais (Youtube e Instagram) já somam mais de 730 mil seguidores e mais de 23 milhões de visualizações em 2020, com conteúdo prático que já gerou resultados gratuitamente para milhares de pessoas. Rodrigo trabalhou como analista na XP Investimentos e teve passagens pelo Portal do Trader e Rico Investimentos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
30.4%
0%
4.3%
3.3%
2.2%
0%
1.1%
0%
1.1%
1.1%
4.3%
1.1%
0%
1.1%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp