30/03/2021 às 17h00min - Atualizada em 30/03/2021 às 17h00min

Seminário com Lázaro Ramos abre programação do Calu Brincante nesta quarta (31)

Por :Jhonatanbiths
Secom/Ssa

O projeto Calu Brincante, que busca preservar a ancestralidade, a identidade e a representatividade, vai realizar uma série de atividades voltadas para o público infantojuvenil, pais e educadores a partir desta semana. A programação inclui um seminário com a participação do ator Lázaro Ramos, o lançamento de um CD com músicas autorais, de um jogo virtual, e a realização de um espetáculo em formato virtual.

 

A programação começa já a partir das 15h desta quarta-feira (31), com a realização do seminário “Brincadeira Tem Hora?”.  O evento será transmitido pelo perfil e canal Calu Brincante do Facebook e YouTube. O tema de discussão será a reconstrução e valorização das brincadeiras antigas para o cotidiano de hoje.

 

Os participantes do seminário serão o ator e escritor Lázaro Ramos, o ator e cientista social Rodrigo França e a pesquisadora, escritora e responsável pelo planejamento da Escolinha Maria Felipa, Bárbara Carine. A mediação será feita pela idealizadora do Calu Brincante, Cássia Valle.

 

“Estamos preparando com muito carinho esse seminário. Precisamos pensar e lembrar que nós somos crianças de rua, de brincar na rua. Trazer esse frescor das brincadeiras antigas para o dia atual. No seminário nós vamos falar também sobre como as famílias podem abraçar essa ludicidade”, revela Cássia.

 

No mesmo dia do seminário será lançado o selo Calu Brincante, o CD do espetáculo Sarauzinho da Calu e o jogo virtual A Peteca. A ideia, segundo Cássia, é levar antigas brincadeiras de rua para o ambiente virtual. Ela, que também é pesquisadora de ludicidade voltada para o patrimônio imaterial do povo brasileiro, destaca que a peteca, primeiro jogo lançado pelo projeto, tem origem indígena e é, portanto, um dos primeiros praticados do país.

 

Próximas atividades – Nos dias 4, 11 e 18 de abril, sempre às 16h, será transmitido gratuitamente pelas redes sociais do projeto o Sarauzinho da Calu. O espetáculo foi vencedor do prêmio Braskem de Teatro 2020 e agora passou por uma adaptação para o formato on-line, por conta da pandemia.

 

Com música, histórias, canções e poemas originais, a montagem fala da importância de conhecer os sonhos de crianças negras, respeitando os direitos infantis, a tradição e a identidade. O espetáculo tem direção de Cássia Valle, codireção de Leno Sacramento, direção musical de Cell Dantas e iluminação de Rivaldo Rio.

 

Origem – O projeto Calu Brincante nasce a partir de uma série de iniciativas, sendo a primeira delas o lançamento do livro Calu: uma menina cheia de histórias. O premiado livro de autoria de Cássia Valle e Luciana Palmeira conta as aventuras de Calu, uma menina negra que cria um universo alternativo carregado de símbolos afro-brasileiros.

 

“O nome brincante vem do brincar, da importância de ser um eterno apreciador da brincadeira. Nós, adultos, também precisamos nos liberar para brincar, principalmente nesse momento em que estamos vivendo, em que o respiro está na ludicidade. Nada melhor do que esse grande elemento do ser criança para nos representar”, conta Cássia Valle.

 

O projeto é contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos (FGM), por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo.

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

52.5%
23.7%
0%
5.1%
5.1%
1.7%
0%
1.7%
0%
1.7%
1.7%
5.1%
0%
0%
1.7%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp