24/08/2020 às 19h22min - Atualizada em 24/08/2020 às 19h15min

Capoeira: Uma expressão cultural genuinamente nacional

Marcus Barreto e Rita Machado
Arquivo pessoal da Rita Machado

A ideia do texto é dar uma visão geral sobre a capoeira. Não há a pretensão em se aprofundar ou destrinchar as diferenças entre capoeira angola, regional e contemporânea. É mostrar a origem e como de prática criminalizada passou a contar com adeptos em todo o mundo.

Há várias versões para a origem da palavra capoeira. Segundo Sérgio Luiz de Souza Vieira, a primeira citação da palavra foi feita pelo padre Fernão Cardim, em uma obra editada em 1577. Posteriormente em outras obras jesuíticas a palavra foi encontrada e sempre com o mesmo significado: vegetação secundária. Ainda de acordo com Sérgio, com o advento das invasões holandesas na Bahia e em Pernambuco, teve como consequência a fuga de muitos escravos para o interior do país formando quilombos e proporcionando um contato entre negros e indígenas de modo que esses negros quilombolas seriam conhecidos como “negros capoeiras”.

Já para Alberto López, um dos significados da palavra capoeira é “dar piruetas e lutar, e que descreve os movimentos de um galo durante uma briga” e a palavra seria de origem congolesa.

A respeito da luta em si, não pairam dúvidas de que a capoeira foi o modo encontrado pelos negros para sobreviverem, principalmente aqueles que fugiam, já que os mesmos não dispunham de outra forma de autodefesa. Esse tipo de autodefesa foi criminalizado, de modo que até 1937 era passível de punição severa quem fosse pego jogando capoeira em público.

Nesse contexto, a figura do Mestre Bimba foi de fundamental importância não apenas para a descriminalização da prática, como também dar o devido reconhecimento e importância como cultura, de forma que na década de 30 do século passado teve o fim da proibição oficial. Como relata Alberto López, em 1953, após uma demonstração de bimba, o então presidente Getúlio Vargas declarou que “a capoeira é o único esporte verdadeiramente brasileiro”.

A pré-candidata Rita Machado também está inserida no universo da capoeira, visto que a mesma faz parte da Associação de Capoeira Bahia Arte. As bandeiras nas quais ela está engajada ela conhece não por “ouvir falar”, mas por ter propriedade e estar por dentro de cada uma delas. Assim, fica aqui o convite para visitar o perfil oficial dela no Instagram (@_ritamachadooficial), participar das lives todos os dias ou trocar ideias com ela pelo canal “Fale comigo”.

 
Bibliografia:

LÓPEZ, Alberto. Mestre Bimba, o homem que abriu as portas para o ‘boom’ mundial da capoeira. Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2018/11/23/cultura/1542961010_911079.html>. Acessado em: 24.ago.2020

VIEIRA, Sérgio Luiz de Souza. Capoeira – Origem e História. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/fevereiro2012/educacao_fisica_artigos/capoeira_origem_historia.pdf>. Acessado em: 24.ago.2020

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
28.8%
0%
5.0%
3.8%
2.5%
0%
1.2%
0%
1.2%
1.2%
5.0%
0%
0%
1.2%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp