Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
01/04/2019 às 16h48min - Atualizada em 02/04/2019 às 00h33min

Novas substâncias para tratar a pele da mulher e a queda de cabelo são destaques em encontro mundial de dermatologia

Estudos que comprovam eficácia dos tratamentos foram apresentados durante o AAD/2019

DINO - http:// www.denisesteiner.com.br 
http://www.dino.com.br/releases/novas-substancias-para-tratar-a-pele-da-mulher-e-a-queda-de-cabelo-sao-destaques-em-encontro-mundial-de-dermatologia-dino890172413131

O Meeting da Academia Americana de Dermatologia é um dos principais eventos do calendário mundial da dermatologia por trazer novidades em procedimentos e tecnologias. O encontro que foi realizado entre os dias 01 e 05 de março, em Washington, DC, contou com a participação de especialistas do mundo inteiro. A Dra. Denise Steiner, foi uma das representantes brasileiras e testemunhou a apresentação de duas novas substâncias que trazem importantes avanços no tratamento de problemas que afligem especialmente a mulher madura e o público masculino.

Estrogênio sintético para hidratar e tonificar a pele

A substância chamada "metylestradiolpropanoatoMEP" é um estrogênio sintético que age nos receptores estrogênicos da pele conseguindo ter as mesmas ações do hormônio natural feminino com uma melhor hidratação, tonificação, brilho, flacidez e atrofia da pele. Essa substância funciona como um "agonista" - que é a denominação científica para toda substância capaz de se ligar a um receptor celular e ativar uma resposta nas células para gerar uma ação similar àquela gerada pela substância fisiológica. Foram feitos estudos científicos em 80 mulheres pós-menopausa comparando com placebo. Elas usaram a substância 2 vezes ao dia, por 14 semanas. Mais de 50% das mulheres relataram melhoras das rugas e aumento no brilho, na tonificação e na hidratação da pele. A substância ainda está em fase de aprovação e deverá será lançada em formato de creme para uso à noite e de sérum para o dia, associando o uso com outras substâncias.

"Essa nova substância é diferente dos ácidos e antioxidantes, porque ela age no receptor e consegue fazer as mesmas ações que o hormônio natural/fisiológico conseguiria fazer nesse receptor. Como não tem absorção pela corrente sanguínea não traz os efeitos sistêmicos no corpo. É metabolizado na hora depois de ativar o receptor e atua em todos os parâmetros que o hormônio natural age na pele", explica a Dra. Denise.

Substância para Acne e calvície não traz efeitos sistêmicos para o corpo

A "clascoterona" é um potente antiandrógeno seletivo que age no receptor celular atingindo os sebócitos e também a papila do folículo do couro cabeludo. A substância é usada em forma de espuma que é melhor para o cabelo e em formato de creme para a pele. Ela age nos receptores específicos de hormônios masculinos e ocupa esses receptores para tratar tanto a acne quanto a queda de cabelo, principalmente nos casos de alopecia androgénetica ou calvície.

Na acne, devido ao excesso de óleo e sebo, os oitos entopem, as bactérias crescem de forma exuberante e aparecem as lesões. A principal estrutura ligada a acne é a glândula sebácea ativada pela testosterona .Quando esse hormônio masculino chega nos receptores ele provoca uma hiperfunção da glândula sebácea facilitando a acne. Em relação a alopécia androgenética e a calvície ocorre a mesma coisa.Quando a testosterona chega no folículo do couro cabeludo, uma enzima transforma a testosterona em DHT - Dihidrotestosterona - um metabólito biologicamente ativo do hormônio Testosterona, que vai no receptor e entra no núcleo da célula promovendo o afinamento do fio do cabelo.

Substâncias como a espironolactona, a flutamida e as pílulas anticoncepcionais atuam contra a acne porque são anti-hormônios masculinos. Já a "clascoterona", atua sobre a produção exagerada de sebo pela glândula sebácea promovendo entupimento do folículo.

Na calvície, há muitos anos o principal tratamento é a finasterida , que age numa das enzimas existentes no folículo para diminuir e inibir o afinamento dos fios. A clascoterona atua no couro cabeludo, penetrando nos folículos e ocupando os espaços para não deixar o DHT entrar e com isso agir para evitar o afinamento do fio. "É a primeira vez que isso ocorre com uma substância tópica que tem muito menos efeitos colaterais do que as substâncias sistêmicas, como a finasterida, tomada por via oral", completa a Dra. Denise.

Microbioma da Pele e dieta para Acne

Outros temas importantes foram discutidos no Meeting da AAD, um deles foi a Dieta para Acne que consiste no consumo de produtos hipocalóricos e de antioxidantes, verduras e frutas para tratar as lesões. Os especialistas reforçaram que devem ser evitados alimentos com altos índices glicêmicos, bem como o leite e seus derivados por causa da proteína.

Outro tema bastante discutido foi o Microbioma da Pele que é o equilíbrio da flora e de todos os micro-organismos que existem na pele e se compara ao microbioma do intestino. No intestino, quando há um desequilíbrio de bactérias ocorre a desbiose, que reduz a capacidade de absorção de nutrientes e causa carência de vitaminas . No caso da pele, o desequilíbrio provoca uma quebra da barreira cutânea e faz com que a pele fique inflamada.

Os especialistas indicam o uso de probióticos, micro-organismos ingeridos para equilibrar o microbioma da pele e tratar doenças inflamatórias como acne, psoríase, rosácea, dermatite tópica e até o cabelo. "Os probióticos vão ajudar a evitar o envelhecimento do cabelo e melhorar as doenças inflamatórias nessa região", conclui a Dra. Denise Steiner.



Website: http:// www.denisesteiner.com.br 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

50.0%
25.8%
0%
6.1%
4.5%
1.5%
0%
1.5%
0%
1.5%
1.5%
6.1%
0%
0%
1.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp