26/07/2019 às 18h13min - Atualizada em 27/07/2019 às 00h00min

Libertadores: Flamengo e Athletico perdem e se complicam, e Inter vence fora

Dos brasileiros, apenas o Internacional conseguiu a vitória. San Lorenzo e Cerro Porteño empatam na Argentina.

DINO
https://www.afolhahoje.com/

A quarta-feira (24) de Libertadores foi bem agitada. Três brasileiros jogaram nas quatro partidas ao vivo e apenas um deles saiu vitorioso: o Internacional, jogando no Uruguai contra a equipe do Nacional. Flamengo e Athletico Paranaense perderem para Emelec e Boca Juniors, respectivamente, e viram suas chances de classificação ficarem bem pequenas. Na Argentina, San Lorenzo e Cerro Porteño ficaram num empate sem gols. Abaixo, os resultados das quatro partidas:

Nacional-URU 0 x 1 Internacional - Parque Central;

San Lorenzo 0 x 0 Cerro Porteño - Nuevo Gasómetro;

Emelec 2 x 0 Flamengo - Banco del Pacífico;

Athletico Paranaense 0 x 1 Boca Juniors - Arena da Baixada.

Os jogos tiveram os ingredientes típicos da Libertadores com bastante emoção, participação direta do VAR e pênalti perdido no último lance. Abaixo, um resumo das quatro partidas que marcaram a quarta-feira da Conmebol Libertadores:

Nacional-URU x Internacional

E foi no finalzinho de jogo que o Internacional arrancou o gol da vitória contra o Nacional do Uruguai. Foi no último minuto que Paolo Guerrero fez o 1 a 0 para o colorado em Montevidéu e viu seu time abrir vantagem para o jogo da volta no Brasil. O Inter foi muito forte no setor defensivo durante o jogo e usou do seu contra-ataque para matar a partida.

No primeiro tempo, o Internacional logo veio para cima do Nacional e teve sua primeira chance aos 8 minutos com Patrick. Na sequência, o goleiro do time uruguaio, Corujo, teve que trabalhar para não deixar uma bola de Nico López entrar, no que seria a famosa "lei do ex". Foi quando o time da casa resolver ir pro jogo, e teve boas chances. Uma delas parou na trave do Inter, com Bergessio. O colorado teve mais uma boa chance aos 33 minutos, mas o primeiro tempo acabou mesmo no 0 a 0.

Na segunda etapa o time uruguaio voltou colocando pressão no Internacional, que teve uma defesa muito sólida e confiante na partida e interceptava os ataques do Nacional. Bruno teve uma boa chance para abrir o placar para o Inter aos 22, depois de passe de D'Alessandro. Nico López, que não vem convencendo, foi mal de novo e saiu para a entrada de Rafael Sóbis, que assustou a defesa adversária com um chute de fora aos 33 minutos. E foi apenas nos acréscimos, que o Internacional descolou um contra-ataque e, após uma bela jogada de Wellington Silva, Guerrero recebeu e fez o gol da vitória colorada no Uruguai. O time agora joga por qualquer empate ou vitória em casa para se classificar, já o Nacional precisa vencer se quiser passar. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira (31) às 19h15, no Beira-Rio.

San Lorenzo x Cerro Porteño

Os paraguaios do Cerro Porteño conseguiram segurar o time da casa jogando na Argentina e saíram com um bom empate, sendo que jogaram com um homem a menos desde os 18 minutos do segundo tempo, quando Espínola foi expulso. Mas o jogo não teve grandes emoções, apesar do San Lorenzo ter sido melhor.

A primeira chance do jogo foi justamente do Cerro, aos 5 minutos, e foi só. Depois disso o time se fechou na retranca durante o resto do jogo. Na primeira etapa, o San Lorenzo até tentou achar um espaço na zaga adversária, mas sem sucesso. O jogo seguiu morno no segundo tempo, quando perto do final, o Cerro criou uma ótima chance aos 39 minutos, num contra-ataque, que só parou na linha do gol quando Coloccini impediu que o San Lorenzo saísse derrotado de campo. Na próxima quarta-feira (31) às 19h15, acontece o jogo de volta no Paraguai. Um empate com gols classifica o San Lorenzo, e caso haja um vitorioso no tempo normal, estará classificado.

Emelec x Flamengo

E a panela de pressão no Flamengo continua. O time perdeu do Emelec por 2 a 0 jogando no Equador e segue muito pressionado por resultados. A equipe de Jorge Jesus, aniversariante da noite, jogou muito mal e viu o Emelec controlar a partida desde o início. 

Logo no começo de jogo, aos 10 minutos, o time do Emelec abriu o placar, com Godoy. O Flamengo não conseguiu levar nenhum perigo ao gol do adversário na sequência da partida, jogava mal coletivamente e individualmente, e o time não se acertava em campo, enquanto o Emelec jogava nos erros da equipe carioca. Isso se mostrava em Rafinha, jogando como ponta e fazendo uma péssima partida. Assim acabou o primeiro tempo.

Logo aos 8 do segundo tempo, Vega, do Emelec, foi expulso de campo no que poderia ser a chance do Flamengo. Mas o time continuava perdido e não soube aproveitar a vantagem. Pra piorar, aos 25 minutos, Diego deixou o campo lesionado e o Flamengo não tinha mais substituições para fazer. O jogador foi imediatamente para um hospital em Guayaquil com suspeita de fratura na perna esquerda. E então, aos 33 minutos, Caicedo deu números finais a partida fazendo o 2 a 0 para o Emelec. O jogo de volta acontece dia 31 às 21h30, no Maracanã, e o Flamengo precisa de 3 gols de diferença para se classificar.

Athletico-PR x Boca Juniors

Outra derrota brasileira, e dessa vez foi o Athletico quem perdeu. O time viu o Boca Juniors sair da Arena da Baixada com o placar de 1 a 0. O início de jogo já foi com tensão, quando Bruno Guimarães tomou o cartão amarelo logo no primeiro minuto. Os times jogaram em função dos erros adversários criando muitas chances no primeiro tempo. Leo Pereira não fazia uma boa partida e viu o Boca criar jogadas após alguns erros. Do outro lado, Rony, Bruno Guimarães e Nikão tiveram boas chances, mas o Boca Juniors foi superior na primeira etapa.

O Athletico voltou bem no segundo tempo, mas logo o time argentino equilibrou as coisas. A partida era nervosa de ambos os lados, com os jogadores do Boca valorizando cada discussão. Aos 17 minutos, o time argentino já tinha 4 amarelados em campo. E foi numa escapada, que Mac Allister, do Boca, arriscou de fora da área e com desvio em Pedro Henrique, viu a bola entrar. 1 a 0. O furacão teve a chance do empate nos acréscimos, quando o VAR atuou e o juíz deu pênalti. Mas Marco Rúben acertou a trave no último minuto e viu seu time perder.

O jogo de volta acontece dia 31 às 21h30 no La Bombonera. O Boca Juniors joga pelo empate e o Athletico precisa vencer pela vaga.



Website: https://www.afolhahoje.com/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

51.9%
14.8%
0%
7.4%
7.4%
0%
0%
3.7%
0%
0%
3.7%
11.1%
0%
0%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Link112" target="_blank" id="publicidade20" >
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp