14/07/2020 às 09h22min - Atualizada em 14/07/2020 às 17h36min

Estado reclassifica Marília e autoriza reabertura do comércio

Com políticas públicas eficientes de controle da Covid-19, o Prefeito Daniel Alonso conseguiu autorização do Estado de São Paulo para reabrir o comércio e outros segmentos da economia mariliense.

DINO
https://www.danielalonso.com.br/
Daniel Alonso - Prefeito Marília/SP

O Prefeito Daniel Alonso conquistou nesta sexta-feira (10) a reclassificação de Marília para a ‘fase 2 – laranja’ do Plano São Paulo, de flexibilização das restrições de combate ao novo coronavírus.

Trata-se de um reconhecimento pelo governo do Estado da melhoria dos índices de proliferação da Covid-19 e da ocupação de leitos, resultado de políticas públicas eficientes adotadas pelo Prefeito Daniel Alonso.

As medidas que vêm sendo adotadas em Marília são fundamentais para o sucesso regional no enfrentamento à pandemia, já que a cidade é a sede da região administrativa e referência para dezenas de municípios.

Com a mudança, poderão reabrir – com certas restrições sanitárias e de horário – o comércio em geral, shopping centers, escritórios, serviços imobiliários e concessionárias. A medida passa a valer a partir de segunda-feira (13).

A região estava na etapa mais rígida do Plano, a ‘fase 1 – vermelha’, em que só podem funcionar serviços considerados essenciais, desde o último dia 19 de junho.

O Prefeito Daniel Alonso também determinou a ida de mais 100 fiscais para as ruas do município com o principal objetivo de orientar população e empresas sobre as normas de funcionamento, como distanciamento social, redução da lotação máxima e oferta de álcool em gel, por exemplo, além do uso obrigatório de máscara.

No final do mês passado outros 100 servidores municipais já foram escalados para reforçar os departamentos de fiscalização da administração municipal. Ao todo são mais 200.

O Estado anunciou recentemente um projeto piloto em algumas cidades com medidas que já vêm sendo adotadas em Marília desde o começo da pandemia.

Dentre as ações está o inquérito realizado pela Vigilância Epidemiológica que testa todas as pessoas ao redor de um paciente infectado - até mesmo os colegas de trabalho.

“Desde o primeiro caso na cidade nós estamos realizando essa ação, a regra desde o início foi monitorar 100% os nossos infectados para controlar a doença, esse é um dos motivos para o nosso baixo índice da doença”, disse o Prefeito Daniel Alonso.

Outra ação de destaque foi referenciar unidades de saúde para atendimento especifico do coronavírus. Cerca de 12 equipes de saúde estão espalhadas por todas as regiões de Marília e ficam durante todo o dia de plantão aguardando possíveis vítimas da Covid-19. Desde o início da pandemia, Marília já realizou 5.898 testes.

Para os que não conseguem chegar até o posto de saúde, Marília criou a estratégia “casa a casa”, em que equipes da Secretaria da Saúde vão até os bairros mais vulneráveis e aplicam os testes de coronavírus e ainda vacinam a população contra a influenza.

Além disso, os médicos dos postos de saúde de Marília que são referências para sintomáticos respiratórios, terão um protocolo municipal para prescrever hidroxicloroquina, associada a antibiótico e anticoagulante em doses mínimas, para tratar possíveis casos de Covid-19. Tanto o médico, quanto o paciente, assinam um termo de responsabilidade.



Website: https://www.danielalonso.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

QUEM SERIA SEU PRESIDENTE EM 2022

58.1%
16.3%
0%
7.0%
4.7%
2.3%
0%
2.3%
0%
0%
2.3%
7.0%
0%
0%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp